O seu Planejamento Estratégico não sai do Papel? Vou te contar o segredo de como fazer acontecer

Por Marisa Golin da Cunha (*)

O Planejamento Estratégico tem definições teóricas, uma delas estará inserida logo abaixo deste texto, que em uma primeira leitura sem ter conhecimento maior sobre o tema, poderá ter um sentido muito raso para o que pretende ser um trabalho de preparar o Escritório com novo modelo mental, visando a realizar ações, previamente analisadas e estudadas para um chegar a um determinado objetivo.

Para criar um Plano para o futuro é necessário que os Sócios se reúnam e, com uma imersão dirigida, pensem, reflitam e exponham suas ideias sobre o que querem, sonham e desejam que o Escritório seja no futuro. Nessas reuniões de Sócios utiliza-se como ferramental o “brainstorming” (tempestade de ideias) que segue algumas regras para que todos participem e mencionem seus pontos de vista, concepções, conhecimentos e experiências.

A reunião de todas as manifestações que forem sendo geradas ao correr das reuniões de concepção do Planejamento, organizadas de forma técnica, comporão as Ações Estratégicas para o Escritório.  A palavra “estratégia” será o grande diferencial do plano de ações que a partir de então passará a se desdobrar, pois ela será única no mercado, eis que na composição de todas as ideias geradas, ela estará permeando os caminhos que serão traçados em forma previamente ponderada.

Estabelecidos os objetivos e ações estratégicas, restará, então compor ações táticas e operacionais.

Mas há um Segredo importante para que as Ações tão pensadas, debatidas e organizadas aconteçam, eis que se isso não acontecer o tempo despendido em debates, análises e concepções irá parar em uma gaveta ou em um arquivo no computador…

Atenção : coloque “prazo e responsável” e cumpra com disciplina o “horário mensal da Reunião de Resultados”.

É muito comum os Advogados dizerem: “fomos engolidos pelo tempo e não pudemos cumprir as ações programadas”. Lembre-se: há concorrentes que cumprirão ! Então identifique a dificuldade do SEU Escritório. Falta de tempo? Falta de disciplina! Boicote de algum membro? Ou qualquer outro motivo? enfrente este motivo.

Muitas vezes, o mais simples é ter uma consultoria externa que, por estar fora da rotina do negócio, terá a expertise de apoiar a realização e desenvolvimento do Planejamento tão estudado.

Segue agora uma definição de Planejamento Estratégico que mencionei no início deste texto:

Planejamento estratégico é uma técnica administrativa que, através da análise do ambiente de uma organização, cria a consciência das suas oportunidades e ameaças, dos seus pontos fortes e fracos para o cumprimento da sua missão e, através desta consciência, estabelece o propósito de direção que a organização deverá seguir para aproveitar as oportunidades e reduzir riscos”. (FISHMANN & ALMEIDA)

(*) Marisa Golin da Cunha, Sócia Fundadora da RESULTATO