A Controladoria Jurídica na advocacia

Por Thyago Serafim

Você já parou e analisou se o seu escritório enfrenta dificuldades de ter um corpo jurídico eficiente? O fantasma da perda de prazos lhe atormenta? Sente que não possui um controle adequado do que acontece em sua banca? Já recusou clientes por falta de uma equipe comprometida? Sente falta de relatórios com índices que possam estar embasando decisões estratégicas? Ora, se a resposta for positiva a pelo menos duas dessas perguntas, está faltando no seu escritório uma Controladoria Jurídica. A Controladoria Jurídica oportuniza a organização da produção do escritório, maximizando os resultados proporcionando a sinergia entre os colaboradores (advogados, assistentes jurídicos e estagiários de Direito). Para sua implantação, deve-se observar as peculiaridades de cada escritório como: porte, áreas de atuação, tipos de clientes, tipos de processos (físicos e/ou eletrônicos), local de tramitação, entre outros aspectos. Com a sua implantação, teremos a unificação estratégica de alguns setores, observando um maior controle de prazos, alimentação mais eficiente do sistema de gestão do escritório e de sistemas de clientes, visão sistêmica do negócio, auxílio importante na formação dos futuros profissionais (estagiários) entre outros benefícios. O estudo para implantação de uma Controladoria Jurídica no escritório é indispensável nos dias de hoje. Fonte: site diretiva.jusbrasil.com.br – 28março15